Não há uma segunda chance…

Postado em Imagem by Plástica Montenegro

Por Marjorie Vicente
Psicóloga de Imagem


Todos os dias, seja em nossa vida pessoal ou profissional, estamos conhecendo pessoas. Sem qualquer fator de justiça, temos 30 segundos para causar uma boa primeira impressão! Você se sente confiante no primeiro contato com alguém? Saiba que apenas 7% do julgamento alheio é baseado no que você diz, todo o restante está relacionado a aparência e linguagem corporal… Assustador? Não para quem se conhece e sabe exatamente o tipo de mensagem que deseja transmitir! Mas como chegar neste estágio?

Inicialmente, é importante que você saiba qual o seu estilo pessoal, o que por sua vez, está totalmente ligado a sua personalidade. Após a descoberta do seu estilo pessoal, é hora de adaptá-lo ao seu modo de vida, profissão, hobbies e papéis desempenhados socialmente para estar de acordo com o dresscode adequado a cada situação. Lembre-se, um closet com as peças certas faz toda a diferença, porém, a linguagem corporal precisa expressar exatamente a mesma mensagem, caso contrário, corremos o risco de parecer “fantasiadas” dentro das nossas próprias roupas.

Como você pode perceber, você é a sua MARCA mais importante e precisa saber vendê-la através de um marketing pessoal que seja, antes de tudo, verdadeiro. Aquela velha história que toda mãe insiste em dizer para a sua filha “se você não se gosta, ninguém vai gostar de você” é extremamente verdadeira e resistente as gerações, consciente ou não, você transmite aos outros a forma como se percebe.

Como Psicóloga de Imagem, eu sugiro que você faça o teste do espelho, mas que seja crítica na medida da realidade e do palpável, sem ilusões como as que nos bombardeiam diariamente através de todo tipo de Mídia nos prometendo uma felicidade sem fim SE alcançarmos determinado padrão de beleza. Cada pessoa é única, não há melhor ou pior, o que existem são pessoas e padrões de beleza distintos.

Voltando ao teste do espelho, analise o que de fato te incomoda e o que você acredita que precise mudar, o que a tornaria mais confiante, pense como esta mudança precisa ser feita, se é preciso uma intervenção cirúrgica, um estudo de proporções do corpo, uma análise de cores que te favoreçam, enfim, pense em todas as possibilidades, e esteja cercada de profissionais competentes, que trabalhem em conjunto, e que sejam éticos.

Qualquer tipo de mudança física altera a sua identidade e o seu psicológico, uma vez que você irá se enxergar e se sentir de outra forma. Seja responsável pela mensagem que transmite, tenha as rédeas da sua vida em suas mãos, começando pelo mais importante: VOCÊ MESMA!

 

 

3 Comments

  1. Querida Marjorie,
    Muito boa sua matéria,Otimo.

    Bjs
    Edu

    Comment by Eduardo Gazeti Jr — 31 de março de 2011 @ 15:09

  2. Verdade!
    Gostei.

    Beijos,
    Cláu

    Comment by Cláudia — 31 de março de 2011 @ 15:42

  3. Belo artigo!!
    Tem razão…vou fazer o teste!

    bjs

    Comment by Eliane — 31 de março de 2011 @ 20:18

Feed RSS dos comentários deste post

O formulário de comentários está fechado no momento.



Cirurgia Plástica | Prótese de Silicone | Lipoaspiração | Clínica de Cirurgia Plástica