MontenegroCP

Dê tchau à flacidez

A dermolipectomia possibilita ao paciente o melhor contorno dos braços e a elevação da autoestima
A flacidez da pele ou excesso de gordura na região dos braços causa constrangimento em situações rotineiras, como utilizar blusas cavadas ou mesmo ao dizer “tchau” acenando. Resultado do efeito sanfona, envelhecimento, grandes emagrecimentos ou até mesmo de fatores genéticos, esse desconforto  pode ser resolvido com uma dermolipectomia de braços, associada ou não com a lipoaspiração.
Conheça os benefícios da dermolipectomia
Também conhecido como lifting de braço, o procedimento permite que pessoas com pele elástica em relação à proporção do corpo melhorem a estética da região. Ele promove o reposicionamento da pele, retirando o excesso e propiciando a contração da pele. O resultado é um contorno mais definido e equilibrado, além de um aspecto de pele mais firme.
Pós-operatório da cirurgia plástica nos braços
Durante o repouso, é fundamental evitar movimentos bruscos com os braços ou levantar peso. Enquanto a região não se regenerar completamente, evite a exposição solar direta para não sofrer com o escurecimento da pele. Use filtro solar e cubra os braços com blusas de mangas largas e compridas.

  • 01_montenegro_blog_mai
    Permalink Gallery

    Associação da abdominoplastia com a lipoaspiração para um abdômen perfeito

Associação da abdominoplastia com a lipoaspiração para um abdômen perfeito

O sonho de obter uma barriga lisinha, sem gordura ou flacidez pode ser alcançado através da lipoabdominoplastia
Se você tem gordura abdominal acumulada, sabe o quanto é difícil eliminá-la. Os depósitos se formam ao redor da cintura alterando sua silhueta e refletem diretamente na sua autoestima. Mesmo a combinação de exercícios, dietas e alguns tratamentos estéticos podem não ser eficientes em determinados casos. A associação entre a abdominoplastia e lipoaspiração pode ser a solução para o abdômen dos seus sonhos
Por que combinar a abdominoplastia e a lipoaspiração?
Para responder essa questão, vamos explicar a diferença entre os dois procedimentos. A lipoaspiração elimina a gordura localizada, o que pode ocorrer até mesmo em pessoas magras. Já a abdominoplastia elimina a pele em excesso, sem necessariamente haver o depósito de gordura.

Elas se complementam em um paciente com acúmulo muito grande de gordura, porque ao ter esse depósito adiposo eliminado, terá como resultado a flacidez da pele sem o preenchimento que existia. Ao associar os procedimentos o paciente obtém um contorno corporal mais significativo.
Qual o perfil ideal para a lipoabdominoplastia?
Pacientes com peso próximo ao ideal, com acúmulo de gordura na região do abdômen, seja decorrente de grandes emagrecimentos ou gestação e desejam eliminar esse incômodo podem se beneficiar com a lipoabdominoplastia.

  • abril-07
    Permalink Gallery

    Desconforto na região íntima pode ser solucionado com labioplastia

Desconforto na região íntima pode ser solucionado com labioplastia

A cirurgia que iremos falar nesse post não é tão conhecida por mulheres, e o mais surpreendente é que elas poderiam se beneficiar dessa técnica para melhorar sua qualidade de vida. Saiba mais!
Para quem?
A labioplastia é indicada para mulheres com problemas como pequenos lábios volumosos e salientes, grandes lábios caídos ou flácidos – após o envelhecimento –, região vaginal escurecida após a gravidez e para mulheres com problemas no desempenho sexual.
A cirurgia
É realizada nos pequenos lábios da vulva. Nela, parte da pele excedente é retirada. É possível utilizar a mesma técnica nos grandes lábios. As suturas são feitas com fios reabsorvíveis, dando mais conforto à paciente. A cirurgia pode levar de uma a duas horas e é feita com anestesia local e sedação. O tempo de internação é de meio período a um dia.
Não existe risco de perder a sensibilidade no local
Pode ficar tranquila! Apesar de a técnica poder alterar transitoriamente a sensibilidade nos pequenos lábios durante alguns dias após a cirurgia, o resultado em longo prazo não afeta em nada a capacidade da mulher em sentir prazer após o procedimento.

Seios caídos nunca mais: saiba como

Sabemos que nossos seios não serão os mesmos da juventude, afinal, com o passar do tempo eles vão perdendo sua firmeza e, uma hora, chegará o momento em que será inevitável vê-los caídos. Entre os fatores que ameaçam a firmeza, tonicidade e juventude dos seios, está o tamanho dos mesmos, a amamentação, mudanças de peso e inclusive o tipo de sutiã que se utiliza. A solução para isso é encontrada no lifting de mama.
A cirurgia
A cirurgia é indicada para mulheres com mais de 35 anos ou aquelas que já tiveram filhos e não desejam outras gestações. O procedimento pode ser feito individualmente ou em associação com a mamoplastia de redução ou de aumento. Durante o procedimento, o excesso de pele é retirado e a pele restante, esticada. Com o auxílio de um bisturi, uma incisão é cuidadosamente feita ao longo das linhas pré-marcadas. A incisão estende-se além do perímetro superior da aréola. A região abaixo dela será unida e esticada, deixando a mama mais firme.
Pós-operatório
É comum a presença de dores leves, que são controladas com analgésicos prescritos pelo cirurgião. Além disso, pode ocorrer o aparecimento de edemas e equimoses, que desaparecem em algumas semanas. As bandagens e os drenos – se houver – são removidos em alguns dias. Os pontos são retirados no período de sete a catorze dias de pós-operatório. Importante: para que o resultado da cirurgia seja o esperado, é imprescindível o cumprimento de todas as orientações pós-operatórias e a não realização de esforço.

Abdominoplastia e gravidez combinam?

Abdominoplastia e gravidez estão muito bem relacionadas. A cirurgia pode ser realizada um período após o parto, especialmente quando a mulher decide que não quer ter mais filhos. O desejo pelo procedimento após o nascimento do bebê surge devido à aparência da pele da barriga, que fica esticada e flácida.
Abdominoplastia após a gravidez
A abdominoplastia remove o excesso de pele, a flacidez muscular e os depósitos de gordura. Este é um procedimento recomendado para pessoas que perderam muito peso e mulheres que já tiveram gestações e não pretendem ter outros filhos. É importante lembrar que a abdominoplastia traz resultados em relação aos fatores mencionados anteriormente e não à gordura em si.
Gravidez após a abdominoplastia
A informação mais importante a se saber é que a futura mãe só poderá engravidar um ano após a realização da cirurgia, devendo manter o cuidado de não engordar muito durante a gestação para manter o resultado. Alterações do peso e cicatrizes de cirurgias do parto podem reduzir a eficácia e longevidade do tratamento.
Durante este processo, a mulher deverá investir em óleos e cremes hidratantes para utilizar na barriga e nos seios, tomar banhos rápidos com água morna e beber bastante água, isso irá minimizar as chances de flacidez e estrias no futuro.

Brasil lidera ranking de cirurgias plásticas faciais

Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), foram realizadas 420 mil plásticas faciais no Brasil durante o ano de 2015, e esse número só tende a aumentar em 2017. Ninguém no mundo opera mais o rosto que as brasileiras: foram 50 mil procedimentos só de lifting facial, porém, intervenções no nariz e nas pálpebras ainda são as mais procuradas.
Lifting Facial
O lifting facial é uma cirurgia de rejuvenescimento da face, feita através do reposicionamento da pele e de estruturas musculares, ou gordura, presentes no rosto, devolvendo a harmonia facial que foi perdida com o envelhecimento.
Blefaroplastia
No procedimento é feita a retirada do excesso de pele e das bolsas de gordura, responsáveis pelo ar envelhecido e triste do olhar. Ela pode ser realizada na pálpebra superior ou inferior. O resultado? Um rosto rejuvenescido, sem a sensação de peso e cansaço das pálpebras e com um aspecto mais suave.
Rinoplastia
A maior vantagem da rinoplastia é a possibilidade de unir a necessidade de obter uma respiração saudável à vontade pessoal de harmonizar o nariz com o restante do rosto, em busca da beleza. A plástica de nariz possui variações nos tipos de procedimentos, e para saber mais, clique aqui.

Vou perder a sensibilidade dos seios se colocar silicone?

Há anos a mamoplastia de aumento é uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelas mulheres e uma de suas principais dúvidas refere-se à perda de sensibilidade dos seios.
Entenda mais sobre essa questão:
De acordo com o Dr. Wagner Montenegro, durante os primeiros seis meses de pós-operatório é comum que ocorra a diminuição da sensibilidade das aréolas devido ao inchaço nos nervos da região, mas não é preciso se preocupar: a sensibilidade volta gradativamente ao normal com o tempo.
Além disso, é preciso lembrar que outros fatores também possuem efeitos sobre a sensibilidade do mamilo, como o envelhecimento da pele e seus efeitos, a pele mais fina ou a diminuição no tamanho dos seios, que também pode causar uma mudança na área de sensibilidade.
Outra situação comum no pós-operatório é o aumento da sensibilidade e, para se livrar do incômodo, o recomendado é massagear suavemente o local, para normalizar mais rápido as sensações. Entretanto, a melhor opção é sempre consultar o médico cirurgião e tirar todas as dúvidas, afinal, cada organismo se manifesta de uma maneira.

Rinoplastia de aumento é desejada por pacientes

Sim, você leu corretamente: a rinoplastia de aumento existe. Ela consiste no ajuste das dimensões do nariz para um melhor contorno no rosto do paciente.
Entre as razões para desejar esse tipo de cirurgia estão: subdesenvolvimento nasal congênito; perda de parte do nariz após acidentes; rinoplastia secundária; ou por uma simples desproporção que o paciente acredite ter.
Confira mais detalhes sobre os procedimentos mais pedidos:
Correção de Nariz Caído
Um nariz arrebitado é o sonho de muitas mulheres que resolvem se submeter a uma rinoplastia, e para chegar a esse resultado, é preciso fazer com que a ponta se projete para cima. O procedimento consiste em realizar suturas reposicionando e remodelando a ponta nasal, e em muitos casos, é necessário realizar um enxerto cartilaginoso na columela, para ajudar no efeito estético.
Correção de Nariz Torto
Para se corrigir um nariz torto com rinoplastia, é necessário provocar a fratura do mesmo. A correção da assimetria, na maioria dos casos, requer uma colocação de enxerto no lado que aparenta estar mais convexo, disfarçando o desvio do nariz.

Qual o melhor tipo de prótese para a sua gluteoplastia?

A escolha da prótese utilizada na gluteoplastia é essencial para chegar ao resultado desejado. Assim como na mamoplastia de aumento, a cirurgia permite que a paciente decida, juntamente com o cirurgião plástico, a melhor opção para si mesma.
As próteses de glúteo podem variar de perfil e de revestimento, e cada uma possui uma indicação dependendo do formato das nádegas da paciente:
Redonda
São mais utilizadas em pessoas de estatura baixa e nádega curta, dando um formato mais arredondado para o bumbum. Geralmente são preenchidas com gel coesivo e possuem superfície lisa, apresentando projeção única e podendo ter até 370 ml. O resultado é um bumbum com aparência mais “firme” e bem contornada.
Oval
Também conhecido como anatômico, este implante é preenchido com um gel chamado Biodesign, que é capaz de reproduzir os tecidos moles, permitindo melhor adequação do implante à área de destino. Esta prótese possui também uma textura fina, sendo indicada para pacientes que desejam um resultado mais natural. Além disso, o modelo oval pode apresentar dois tipos de projeção: alta e baixa, de 200 a 500 ml.
Tendo em vista a variedade existente entre as próteses glúteas, o melhor momento para escolher a prótese ideal é durante a consulta médica, quando o cirurgião plástico, através de um exame físico, poderá indicar a opção que proporcionará à paciente o melhor resultado estético de aumento glúteo.

Riscos que fumar pode trazer à sua cirurgia plástica

Pacientes que decidem associar o fumo à cirurgia plástica podem ter complicações durante alguma etapa do processo, desde durante a anestesia até no final da cicatrização.  Entre as principais recomendações dos profissionais da Montenegro Cirurgia Plástica para o pré-operatório, está a suspensão do uso do cigarro, descubra o motivo:

O cigarro é um agressor ao sistema respiratório, possui milhares de toxinas e seu uso frequente pode levar a um aumento da produção de muco, redução dos mecanismos de defesa do pulmão e tosse frequente. Além disso, o fumante crônico pode desenvolver enfisema, que é a destruição de parte do pulmão, causando perda da capacidade de oxigenação.

Complicações na cirurgia

A perda da capacidade de oxigenação poderá atrapalhar a anestesia, enquanto a tosse frequente poderá levar ao sangramento e causar grandes hematomas no pós-operatório, podendo, inclusive, ser necessária uma operação para a retirada do sangue acumulado.

A nicotina presente no cigarro produz a vasoconstricção, que é o fechamento dos pequenos vasos sanguíneos, a consequência disso é a redução da circulação nos tecidos. Sem receber sangue, os tecidos podem morrer, causando necrose, que quando combinada com o procedimento cirúrgico, poderá prejudicar o processo de cicatrização, tendo como resultado cicatrizes indesejadas.

Qual tipo de rinoplastia você precisa?

Quando os cirurgiões dizem que “cada caso, é um caso” devemos acreditar. Nenhuma cirurgia é realizada da mesma forma em todas as pessoas, e isso também acontece com a plástica de nariz. O procedimento é realizado de acordo com a expectativa estética desejada pelo paciente, combinada com a sua simetria, características próprias e saúde. Descubra qual seria a ideal para você:

Ressecção de Asas Nasais

É a retirada de parte do tecido que compõe as asas do nariz, reduzindo-as. Há pessoas que possuem asas nasais largas e grossas demais, e sentem que há uma desproporção em relação à sua face. É nesse momento que a cirurgia plástica no nariz é indicada. Um fato importante é que para se calcular a largura ideal do nariz, é necessário levar em conta a etnia do paciente.

Redução do dorso nasal

É indicada aos pacientes que não estão contentes com o formato de seus narizes (geralmente) vistos de perfil. Essa cirurgia está relacionada ao dorso nasal, que é formado pelos ossos nasais na parte superior, cartilagens triangulares e septo na parte média e inferior. As situações mais comuns são: dorso muito alto; muito largo; ou com giba – aquela protuberância, também chamada de calombo ou curvinha.

  • marco-05
    Permalink Gallery

    Procedimento para acabar com a flacidez após grandes emagrecimentos

Procedimento para acabar com a flacidez após grandes emagrecimentos

O processo de emagrecimento saudável é ótimo para a autoestima, porém, após o processo, a pele, que antes estava esticada sobre o acúmulo de gordura, fica flácida. Essa flacidez se apresenta devido à diminuição da tonicidade da pele, e sua intensidade depende de vários fatores, como a elasticidade da pele, quantidade de peso perdida, idade, nutrição, fatores genéticos, gestação, entre outros. A dermolipectomia apresenta uma maneira de acabar com esse problema de forma rápida e efetiva, saiba como:

A cirurgia

A dermolipectomia (dermo = pele; lipo = gordura; ectomia – retirada) corrige a flacidez e o excesso de pele em si, e pode ser realizada em diversas regiões:

– Coxas: Quando existe, além de excesso de gordura, excesso de pele na região das coxas, o procedimento mais indicado é a dermolipectomia das coxas. O procedimento pode ser realizado isoladamente, ou associado à lipoaspiração, o que garante melhor contorno corporal.

– Braços: O envelhecimento natural dos tecidos e as mudanças de peso também influenciam na aparência dos braços, deixando muitas mulheres inseguras na hora de usar blusas cavadas e até executarem movimentos como o  “tchau”.  A dermolipectomia dos braços consiste na retirada de gordura e pele em excesso da região.

– Abdômen: Algumas mulheres acreditam que a lipoaspiração, sozinha, resolve o problema da gordura em excesso e flacidez da região abdominal, porém, em determinados casos, somente uma dermolipectomia de abdômen poderá resultar naquela barriga lisinha que tanto sonhamos.

– Glúteos: Também conhecido como “Lifting de Glúteos”, o procedimento é comumente feito em casos de mulheres que tenham excesso de gordura e flacidez na região. A retirada da pele melhora muito o contorno da região glútea.

  • marco-04
    Permalink Gallery

    Solução pra quem não consegue aumentar as panturrilhas na academia

Solução pra quem não consegue aumentar as panturrilhas na academia

Nem sempre alimentação e exercícios físicos dão conta de modelar uma panturrilha, isso ocorre devido à genética de algumas pessoas ou até mesmo falta de tempo para se dedicar totalmente à rotina de musculação. A solução para esses casos é a cirurgia de implante de panturrilha.

Para quem o procedimento é indicado

O procedimento é indicado para pacientes que apresentam uma panturrilha com projeção muito pequena e desproporcional em relação ao resto do corpo. Essa região, para ter harmonia com a perna, deve ter um tamanho que acompanhe o das coxas, para que não dê a impressão de que é fina demais. Além disso, existem ainda os casos de pessoas com danos decorrentes de acidentes ou determinadas condições de saúde que dificultam o enrijecimento dos músculos.

A cirurgia

A inclusão de prótese de silicone aumenta o volume da parte anterior das pernas, tornando seu contorno mais harmônico. A cirurgia é realizada com anestesia local e pode durar em torno de duas horas. O período de internação varia de 12 a 24 horas e a cicatriz localiza-se na prega da pele atrás do joelho, sendo bastante discreta.

  • marco-03
    Permalink Gallery

    3 perguntas mais frequentes de quem deseja realizar abdominoplastia

3 perguntas mais frequentes de quem deseja realizar abdominoplastia

Toda mulher deseja eliminar aquela barriguinha indesejável, principalmente quando decide colocar um biquíni ou uma blusa mais curta. Em alguns casos, a lipoaspiração dá conta em resolver o problema, porém, em outros, somente a abdominoplastia poderá trazer o resultado desejado. A plástica abdominal é um dos procedimentos mais realizados em cirurgia plástica e nesse post trazemos as três perguntas mais frequentes entre as pacientes:

1) Quantos quilos a cirurgia plástica do abdômen me fará perder?

É preciso entender que a abdominoplastia não deve ser feita com o objetivo do emagrecimento. Ela é uma cirurgia plástica para modelar a barriga. Por ser uma operação que retira uma quantidade de pele e de gordura, é evidente que se perca peso, entretanto, essa não é a sua finalidade, e sim diminuir as proporções do abdômen, de modo que ele fique esteticamente equilibrado em relação ao resto do corpo.

2) A cirurgia me impedirá de ter filhos futuramente?

É aconselhado deixar a cirurgia para depois caso esteja em seus planos engravidar. Mas quem avalia a conveniência da abdominoplastia quando se deseja um novo filho é o médico ginecologista. Os resultados dessa operação, caso engravide, dependerão do acompanhamento do médico especialista.

3) Quando poderei notar o resultado definitivo da cirurgia?

Os seis primeiros meses após a cirurgia não são os ideais para se avaliar qualquer resultado. Dentro desse período o abdômen apresentará inchaços que diminuirão gradativamente, além do aspecto esticado. Os exercícios orientados para a modelagem da área operada e o tratamento estético são essenciais para que o tempo de evolução do pós-operatório seja o menor possível.

  • marco-02
    Permalink Gallery

    Gluteoplastia está na lista das tendências em cirurgia plástica para 2017

Gluteoplastia está na lista das tendências em cirurgia plástica para 2017

De acordo com um ranking elaborado por especialistas norte-americanos do The Plastic Surgery Group (TPSG), a vontade das pacientes de ter um bumbum maior vai dominar o mundo da cirurgia plástica nesse ano. O desejo de ter glúteos com volume, elevados e com um contorno bem delineado pode ser realizado através da inserção de próteses de silicone na região.

O procedimento

A gluteoplastia é a cirurgia plástica que usa o implante de silicone para aumentar o tamanho do bumbum e também modelar o formato dos glúteos.  Ela é realizada com anestesia peridural ou geral e pode levar aproximadamente duas horas. Seu tempo de internação não excede 24 horas. Os resultados do implante podem ser percebidos imediatamente e é de extrema importância que os cuidados pós-operatórios sejam seguidos à risca (usar a malha de compressão, dormir de bruços, entre outros cuidados descritos pelo cirurgião plástico).

Para melhores resultados, a técnica pode ser associada ao enxerto de gordura, assim, além do aumento, pode-se realizar a elevação do glúteo e tratar a flacidez. É muito comum o cirurgião plástico realizar os três procedimentos juntos: enxerto de gordura, inclusão de prótese e elevação de glúteo.