Nariz

Rinoplastia de aumento é desejada por pacientes

Sim, você leu corretamente: a rinoplastia de aumento existe. Ela consiste no ajuste das dimensões do nariz para um melhor contorno no rosto do paciente.
Entre as razões para desejar esse tipo de cirurgia estão: subdesenvolvimento nasal congênito; perda de parte do nariz após acidentes; rinoplastia secundária; ou por uma simples desproporção que o paciente acredite ter.
Confira mais detalhes sobre os procedimentos mais pedidos:
Correção de Nariz Caído
Um nariz arrebitado é o sonho de muitas mulheres que resolvem se submeter a uma rinoplastia, e para chegar a esse resultado, é preciso fazer com que a ponta se projete para cima. O procedimento consiste em realizar suturas reposicionando e remodelando a ponta nasal, e em muitos casos, é necessário realizar um enxerto cartilaginoso na columela, para ajudar no efeito estético.
Correção de Nariz Torto
Para se corrigir um nariz torto com rinoplastia, é necessário provocar a fratura do mesmo. A correção da assimetria, na maioria dos casos, requer uma colocação de enxerto no lado que aparenta estar mais convexo, disfarçando o desvio do nariz.

Qual tipo de rinoplastia você precisa?

Quando os cirurgiões dizem que “cada caso, é um caso” devemos acreditar. Nenhuma cirurgia é realizada da mesma forma em todas as pessoas, e isso também acontece com a plástica de nariz. O procedimento é realizado de acordo com a expectativa estética desejada pelo paciente, combinada com a sua simetria, características próprias e saúde. Descubra qual seria a ideal para você:

Ressecção de Asas Nasais

É a retirada de parte do tecido que compõe as asas do nariz, reduzindo-as. Há pessoas que possuem asas nasais largas e grossas demais, e sentem que há uma desproporção em relação à sua face. É nesse momento que a cirurgia plástica no nariz é indicada. Um fato importante é que para se calcular a largura ideal do nariz, é necessário levar em conta a etnia do paciente.

Redução do dorso nasal

É indicada aos pacientes que não estão contentes com o formato de seus narizes (geralmente) vistos de perfil. Essa cirurgia está relacionada ao dorso nasal, que é formado pelos ossos nasais na parte superior, cartilagens triangulares e septo na parte média e inferior. As situações mais comuns são: dorso muito alto; muito largo; ou com giba – aquela protuberância, também chamada de calombo ou curvinha.

As cirurgias mais procuradas por homens

Ultimamente os homens estão se tornando cada vez mais um público adepto à cirurgia plástica, afinal, cuidar de beleza e estética é uma preocupação de ambos os sexos. Entre as cirurgias plásticas mais procuradas por esse público, estão a ginecomastia e a rinoplastia.

A plástica de correção da ginecomastia consiste na redução das mamas masculinas, que podem ter um tamanho mais “avantajado” devido à genética, alteração hormonal, maior sensibilidade da glândula mamária ao hormônio feminino, o que pode gerar um desconforto para os homens quando o assunto é a boa aparência. A cirurgia pode ser feita a partir dos 18 anos, quando o desenvolvimento das mamas já está completo, e é importante que o paciente esteja em seu peso ideal – pois a mama também possui boa quantidade de gordura – além da certeza em relação à escolha do procedimento.

Já a rinoplastia é comum em ambos os sexos e famosa por deixar o nariz do paciente no formato que ele deseja, trazendo resultados que podem fazer toda a diferença no rosto. Cada pessoa tem uma limitação para que o resultado final seja natural e o cirurgião plástico tem um papel fundamental, já que sua visão estética representa 60% do resultado da operação, enquanto os outros 40% estão ligados à técnica em si. Cada modificação deve ser muito bem avaliada.

  • É possível dizer adeus ao nariz com giba óssea proeminente?
    Permalink Gallery

    É possível dizer adeus ao nariz com giba óssea proeminente?

É possível dizer adeus ao nariz com giba óssea proeminente?

Se você não sente vergonha de seu nariz, provavelmente desconhece o significado de giba óssea proeminente, mas, para quem possui o “nariz de tucano”, este incômodo faz parte da rotina.  Ele nada mais é do que um “osso” ou “calo” no nariz que torna esta região evidente. A rinoplastia é a cirurgia plástica indicada para correção estética do nariz e essa é uma das suas indicações.

Neste procedimento para a diminuição do tamanho do nariz, são retiradas partes da cartilagem e/ou é realizada a raspagem e o lixamento do osso. O paciente que passa pela rinoplastia é liberado no mesmo dia e utiliza curativo para moldar o nariz de forma eficiente.
Após o procedimento, são recomendações ao paciente que evite abaixar a cabeça muito rápido, não deve assoar o nariz e usar óculos somente após a liberação médica. O uso de protetor solar evita o aparecimento de manchas, especialmente se houver cicatriz.

Conheça um pouco da anatomia do nariz

A estrutura nasal é complexa e conhecê-la bem é determinante para a boa atuação do cirurgião plástico, pois é a partir da avaliação do tipo de estrutura do nariz do paciente que serão escolhidas as técnicas a serem utilizadas em uma rinoplastia.

O nariz é formado de osso e cartilagem, dispostos em forma de pirâmide. As chamadas ‘fossas nasais’ são condutores que vão até a parte posterior da garganta. O septo nasal, por sua vez, é a parede central que divide esses condutores.

É nas fossas nasais que estão os ossos chamados de cornetos nasais. Esses ossos formam pregas, e essa estrutura é importante para o processo respiratório. A membrana mucosa que reveste as fossas nasais é responsável por esquentar e umedecer o ar que vai para os pulmões.

O nariz tem sua parte superior sustentada por um osso. Já a giba dorsal, composta por cartilagem ou osso acumulado, se forma ao longo do dorso ou do cavalete do nariz. Diferentes placas de cartilagem sustentam, por sua vez, a parte inferior do nariz. Essas placas se estendem pelas laterais, a partir do centro do nariz. É essa cartilagem presente na parte inferior que determina qual será a aparência e o formato da ponta do nariz.

Da Redação