abril-01

A escolha da prótese utilizada na gluteoplastia é essencial para chegar ao resultado desejado. Assim como na mamoplastia de aumento, a cirurgia permite que a paciente decida, juntamente com o cirurgião plástico, a melhor opção para si mesma.

As próteses de glúteo podem variar de perfil e de revestimento, e cada uma possui uma indicação dependendo do formato das nádegas da paciente:

Redonda

São mais utilizadas em pessoas de estatura baixa e nádega curta, dando um formato mais arredondado para o bumbum. Geralmente são preenchidas com gel coesivo e possuem superfície lisa, apresentando projeção única e podendo ter até 370 ml. O resultado é um bumbum com aparência mais “firme” e bem contornada.

Oval

Também conhecido como anatômico, este implante é preenchido com um gel chamado Biodesign, que é capaz de reproduzir os tecidos moles, permitindo melhor adequação do implante à área de destino. Esta prótese possui também uma textura fina, sendo indicada para pacientes que desejam um resultado mais natural. Além disso, o modelo oval pode apresentar dois tipos de projeção: alta e baixa, de 200 a 500 ml.

Tendo em vista a variedade existente entre as próteses glúteas, o melhor momento para escolher a prótese ideal é durante a consulta médica, quando o cirurgião plástico, através de um exame físico, poderá indicar a opção que proporcionará à paciente o melhor resultado estético de aumento glúteo.